Cirurgião de Cabeça e Pescoço em Belo Horizonte

Nódulo Cervical – O que fazer?

A presença de um linfonodo aumentado na região cervical, na maioria das vezes, gera pânico em muitas pessoas. Em grande parte dessas, o aumento dos gânglios cervicais não tem significado clínico e são de origem reacional a processos inflamatórios prévios.

Quais as causas mais comuns?

As causas mais comuns de linfonodomegalias são reacionais, infecciosas (como exemplo a tuberculose) e neoplasias (linfoma e carcinomas). O primeiro passo é procurar um médico para realizar a avaliação inicial com a história clínica, exame físico, exames de imagem e laboratoriais.

Quais as características dos nódulos?

Os nódulos de consistência macia e moveis tem características mais benignas. Enquanto que um nódulo endurecido e pouco móvel apresenta características malignas. A depender da característica do nódulo cervical poderá ser realizada a biópsia incisional (retira uma parte do nódulo) ou incisional (quando retira o nódulo inteiro). Caso a suspeita maior seja decorrente de uma neoplasia maligna, a punção do nódulo é mais indicada.

Qual é o tratamento?

O tratamento da linfonodomegalias vai depender de seu diagnóstico e poderá ser realizada com cirurgia, quimioterapia e/ou radioterapia ou apenas o acompanhamento.
O médico cirurgião de cabeça e pescoço possui grande conhecimento nessa área e poderá lhe ajudar melhor com o diagnóstico e tratamento dos nódulos.

Quer saber mais? Clique no banner!

acessar página inicial do site

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp